Instituto Prado - Reabilitação Integrada

Assista nosso vídeo e conheça nosso trabalho.

Instituto Prado - UNIDADE LESTE

Após 11 anos de muita dedicação, estudo e empenho inaguruamos a Unidade Leste!

ATENDIMENTO AOS PACIENTES NAS SEGUINTES ÁREAS:


Reabilitação
Física Infantil

REABILITAÇÃO FÍSICA INFANTIL
A Reabilitação física infantil tem como principal objetivo desenvolver a capacidade funcional e possibilitar que a criança tenha sua máxima participação e inserção nas atividades sociais e escolares, de acordo com a sua idade. O acometimento neurológico de uma criança, demanda uma equipe de reabilitação multiprofissional integrada que trabalhe em conjunto visando explorar as potencialidades individuais da criança. As crianças se desenvolvem aprendendo novas habilidades e adquirindo conhecimento do mundo, através de estímulos motores, sensoriais e cognitivos, voltados ao desenvolvimento das potencialidades funcionais apropriadas para a idade e necessidade de cada criança. Entre os principais diagnósticos atendidos no Instituto Prado estão: Paralisia Cerebral, Mielomeningocele, Doenças neuromusculares (Distrofia muscular de Duchenne, Amiotrofia Espinhal Progressiva), Síndromes genéticas, bebês de risco entre outros.


Transtorno
do Espectro Autista - TEA

TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA – TEA
O Transtorno do Espectro Autista (TEA) engloba diferentes características do desenvolvimento global, sendo representada por uma díade (dificuldade de comunicação e socialização).
Recebe o nome de espectro (spectrum), porque envolve manifestações e apresentações muito diferentes umas das outras, podendo serem classificados como leve, moderado ou grave.
Devem ser preenchidos os critérios para o diagnóstico do Transtorno do Espectro do Autismo:
1. Dificuldades na comunicação e interação social
2. Padrões de comportamento – padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses ou atividades.
Percebida essas alterações no desenvolvimento, além de acompanhamento com médico especialista é sugerido a intervenção de uma equipe de reabilitação integrada diante das diferentes necessidades do paciente.
Todo o projeto terapêutico, portanto, será individualizado e deve atender às necessidades, às demandas e aos interesses de cada paciente e de seus familiares.


Síndrome
de Down

SÍNDROME DE DOWN
A síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, é resultado de uma alteração genética no vigésimo primeiro cromossomo que, ao invés de possuir apenas dois cromossomos (um par), possui três. Geralmente o paciente com síndrome de Down apresenta alterações cognitivas, alterações anatômicas, alterações sensitivas, diminuição de tônus muscular, frouxidão ligamentar, entre outros.
A síndrome de Down frequentemente acarreta complicações clínicas que acabam por interferir no desenvolvimento global da criança, sendo que as mais comumente encontradas são alterações cardíacas, hipotonia, complicações respiratórias e alterações sensoriais, principalmente relacionadas à visão e audição. As crianças com síndrome de Down possuem um grande potencial a ser desenvolvido. Elas precisam, contudo, de mais tempo e estímulo da família e de especialistas para adquirir e aprimorar suas habilidades. A estimulação adequada realizada nos primeiros anos de vida pode ser determinante para a aquisição de capacidades em diversos aspectos, como desenvolvimento motor, comunicação e cognição.


Intervenção
Precoce

INTERVENÇÃO PRECOCE
A estimulação precoce é uma abordagem de caráter sistemático e sequencial, composta por uma equipe de reabilitação integrada, capaz de estimular todos os domínios que interferem na maturação da criança, de forma a favorecer o desenvolvimento motor, cognitivo, sensorial, linguístico e social, evitando ou amenizando eventuais prejuízos.
Os primeiros anos de vida têm sido considerados críticos para o desenvolvimento das habilidades. É neste período que ocorre o processo de maturação do sistema nervoso central sendo a fase ótima da plasticidade neuronal. Tanto a plasticidade quanto a maturação dependem da estimulação, e é justamente no período de zero a 3 anos que o indivíduo é mais suscetível a transformações provocadas pelo ambiente externo. A estimulação precoce tem como meta, aproveitar este período crítico para estimular a criança a ampliar suas competências, tendo como referência os marcos do desenvolvimento típico e reduzindo, desta forma, os efeitos negativos de uma história de riscos.


Reabilitação
Física Adulto

REABILITAÇÃO FÍSICA ADULTO
A reabilitação engloba uma abordagem interdisciplinar e o envolvimento direto de uma equipe, cuidadores e familiares nos processos de cuidado. Os tratamentos para as diversas deficiências podem ser os mais variados de acordo com o quadro clínico e o impacto da deficiência sobre a funcionalidade do indivíduo. O objetivo da reabilitação neurofuncional é auxiliar o individuo a minimizar os efeitos da incapacidade e facilitar o retorno do indivíduo às atividades de vida diária readaptando sua funcionalidade e ampliando suas potencialidades para que possa readquirir a máxima independência funcional possível. Os resultados variam em função do dano neurológico, região do sistema nervoso afetado, idade e capacidade anteriores do paciente, estado mental, motivação do paciente e condições associadas. Entre os principais diagnósticos adultos atendidos no IP estão: sequelas de acidentes vasculares encefálicos (AVE), lesão medular e traumatismos crânio encefálicos (TCE).

SOMOS ESPECIALIZADOS EM MÉTODOS, TÉCNICAS, ABORDAGENS
E MODELOS DE TRATAMENTOS NAS SEGUINTES TERAPIAS:

img25

Fisioterapia

Fisioterapia é uma ciência da saúde que estuda, diagnostica, previne e recupera pacientes com distúrbios cinéticos funcionais. Trabalha com doenças geradas por alterações genéticas, traumas ou enfermidades adquiridas.

img25

Fisioterapia Aquática

A fisioterapia aquática compreende a terapia realizada em piscina terapêutica levando em conta os princípios físicos da água com manuseios, técnicas e procedimentos específicos.

img25

Terapia Ocupacional

Através de seus recursos terapêuticos, a Terapia Ocupacional objetiva a prevenção e o tratamento de demandas físicas, cognitivas, comportamentais, sociais e sensoriais, que interfiram no desenvolvimento e na independência do indivíduo em relação a suas áreas de desempenho (lazer, sono/descanso, trabalho, brincar, AVD e AIVD).

img25

Fonoaudiologia

A Fonoaudiologia é a ciência que tem como objeto de estudo a comunicação humana, no que se refere ao seu desenvolvimento, aperfeiçoamento, distúrbios e diferenças, em relação aos aspectos envolvidos em funções da audição até na deglutição.

img25

Psicologia

A psicologia é uma ciência que trata dos estados e processo mentais, do comportamento do ser humano e de suas interações com um ambiente físico e social.

img25

Psicopedagogia

Psicopedagogia é a área que estuda como as pessoas constroem o conhecimento. A partir de diagnóstico prévio, a psicopedagogia intervém no processo de aprendizagem e junto às dificuldades apresentadas.

img25

Musicoterapia

A musicoterapia é a utilização da música e /ou dos elementos musicais (som, ritmo, melodia e harmonia) em um processo estruturado para facilitar e promover a comunicação, o relacionamento, a aprendizagem, a mobilização, a expressão e a organização.

CONFIRA AS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS DA NOSSA EQUIPE:

O INSTITUTO PRADO
É REFERÊNCIA EM CURSOS DA ÁREA DE REABILITAÇÃO

Desde 2018, oferecemos mais de 20 cursos ao longo do ano nas áreas de fisioterapia, fisioterapia aquática, psicologia, musicoterapia, psicopedagogia, terapia ocupacional, fonoaudiologia e cursos voltados para pais e cuidadores.